quinta-feira, 15 de março de 2012

Muita coisa mudou desde o ultimo post.
Mesmo não vindo dar notícias, sempre que possível dei uma espiadinha aqui, nas pouquíssimas conhecidas que continuam postando e em algumas das novas. Sinto uma falta imensa disso aqui! Imensa! E só não voltei porque senti que não era minha realidade. Não mais.
Não, não passou. Todos os dias ainda tenho vontade de ficar 5 dias sem comer como antes, mas não o faço. Fico o tempo todo cuidando pra não ter uma recaída muito seria que me faça regredir ao que era há alguns anos atrás. Então mesmo me sentindo uma porca, eu como todos os dias, mesmo que pouco, mas como. E dói. POR DEUS, como dói! Me sentia tão, tão forte quando seguia um plano de dieta até o fim. E sequer imaginava o quanto teria que me desdobrar para conseguir o oposto sem arrancar minha cabeça fora.
Terminei o 3º ano, e agora, faculdade. Psicologia. Já havia um tempo que não me imaginava fazendo outra coisa. Ouvi muita merda dos parentes pela escolha, e blá blá blá, mas estou adorando.
Aquele namoro, que comentava aqui, é, acabou em outubro do ano passado. Esperei muito tempo até ter coragem de chegar nele e falar que não gostava mais como namorado, que não queria mais, e que ele fazia coisas e me tratava de uma forma que estava me fazendo mal. Por um bom tempo arrastei a relação, por um medo idiota de não sei o que! Talvez medo da mudança em si. Bom, e depois de terminar eu tinha total certeza de que a ultima coisa que eu queria era alguém no meu pé. Ok. Uns 10 dias depois, conheci um cara. Fui pagar pra ver. Pronto, ai estamos. E eu não mereceria perdão se tivesse o deixado ir! Parece que o destino estava me guardando ele, só esperando o momento. Não sei, nunca me senti assim.
Talvez eu não volte mais a postar como antes. Mesmo querendo, sinto que não me faria bem. É complicado. Aqui a maioria se apóia numa dieta, e eu não posso, e não quero passar por todo aquele inferno de novo. Talvez ele volte uma hora ou outra, às vezes me sinto a ponto de explodir se não fizer algo para emagrecer. Mas meu peso está razoável, e mesmo não tendo isso tão claro na mente, eu sei que é a doença que o faz, então tento pensar que estou uns 5 ou 6kg mais magra do que penso que estou. Não é a melhor coisa do mundo, mas dá pra sobreviver. E enquanto der pra aguentar, eu não vou me entregar a isso de novo.
É isso. Vamos ver, se rolar eu volto a postar :)

7 comentários:

Suicide Girl disse...

Oie quanto tempo, eu também dei uma sumida e ontem fiz um podt depois de quase 1 ano de abandono do blog.
Fico feliz que vc está conseguindo se controlar e digamos que "aguentando e aceitando" o peso que está, fico realmente feliz por vc, por isso e por estar feliz tbm na vida amorosa e espero que continue assim.

Beijinhos
Suicide Girl.

LILI disse...

Olá!
Estou alegre em ler seu post e ver notícias suas...... è ótimo saber que está bem e lutando pelo que deseja.
Pensando bem é maravilhoso vc dizer que agora loucuras de dietas não mais te pertecem! Vc está superando tudo isso, o que deixa a vida mais leve.
Quem sabe vc possa agora tirar o foco das dietas e postar algumas coisas mais amenas, até pq é muito bacana ler o que escreve vc faz isso muito bem.
Enfim Felicidade no namoro!
Boa Sorte nos estudos!
beijinho*

luana disse...

muito bom saber de tudo isso
eu estou meio que na mesma que voce, espero que voce seja mais forte do que eu, pois ja estou recaindo

Marcy! disse...

Bom te ler, mas te apoio em qualquer escolha.

Te adoro, tu bem sabe.
Sucesso na tua nova jornada!

Pucca disse...

Você escreveu tudo o que desejo dizer, tudo... psicologia, dieta, pensar em emagrecer e não fazer. tudo!
Muita força na sua escolha. Você tem muita coragem.
Se cuida.

Vamp Plush Poison disse...

Você desistiu da "Ana"? Você está feliz ? Tenho tanto medo de nunca ser feliz sem a "Ana" ao meu lado...

http://condeguiremagrecer.blogspot.com/

Marcy! disse...

Louca!!!
O show foi incrível, tu ia amar, de verdade, tenho certeza.

OBrigada por tudo, sempre.