quinta-feira, 12 de junho de 2014

A coisa começou a apertar e eu decidi marcar consulta no psiquiatra. Cheguei lá quase enlouquecendo. Era um senhorzinho de um semblante tão sereno que só de olhar pra ele já senti uma tranquilidade que me fez ir escorregando pela cadeira. Falei brevemente sobre tudo, cortes, pensamentos de morte, emagrecer, trabalho, faculdade. Disse que minha vida estava ótima, que trabalho em algo que gosto, que faço a faculdade que quero, porém, as vezes não consigo sair da cama e não conseguia parar de me ver morrer. Então ele fez uma psicologia barata, bem mesa de bar, que meus amigos sempre me falam quando bebo e começo a choramingar. Falei que cursava Psicologia, e não era lá tão a favor de remédios, mas como não queria parar minha vida pra ficar na cama ou passar por um processo longo de terapia, era uma possibilidade. E depois do discurso pró-drogas, me receitou sertralina.
Estou esperando dar uns 20 dias para marcar o retorno, pelo menos. Foi quando ele disse que poderia ser observada alguma melhora. É o 15º dia que estou tomando e continuo a mesma merda. É madrugada e não consigo dormir, e sinto como se não fosse dormir nunca mais. Já comi todas as minhas unhas, tardiamente, aliás. Estou há semanas com o péssimo hábito de ficar unhando meu couro cabeludo até conseguir arrancar algum pedacinho de pele e fazê-lo sangrar.
Não sei qual é o meu propósito afinal. Que tento me destruir não é segredo pra ninguém. É uma busca incansável, incessante. Quando paro com uma forma, dou um jeito de imediatamente conseguir um meio que substitua.

2 comentários:

Alie disse...

demora mesmo, eu lembro que só começou a fazer efeito la pelo 20 dia e o efeito pleno eu senti a partir de 2 meses. (ou talvez com 2 meses é que comecou a fazer diferenca o modo como conduzi minha vida nos ultimos dias e isso refletiu nos prox, who knows). voce ta fazendo a terapia paralelamente? acho que todo mundo que faz psicologia e psiquiatria tem que fazer, porque é tanto mimimi dos outros, que as vezes a gente perde parametro...

Anônimo disse...

Vc pelo menos esta conseguindo fazer sua faculdade, trabalhar, seguir a vida. Pense no lado bom. Tem gente que não consegue.