terça-feira, 1 de abril de 2008

I want to die! ¬¬

Vazio.
Seria idiota dizer que eu ainda tenho um coração.
Eu acho que não tenho mais sentimentos, definitivamente. Cansei de ouvir de amigos que eu não penso em nada nem ninguém, e eles estavam certos.
Quero chorar, chorar e chorar. Quero ficar sozinha. Chorar quando tiver vontade, me cortar quando tiver vontade, gritar quando tiver vontade. Fazer o que me der na telha sem dar satisfação pra ninguém.
Crise exixtêncial: Por que eu nasci? Por que eu não sou magra? Por que eu não sou bonita? ...
Eu poderia passar a noite aqui digitando meus pensamentos. Tenho tanta coisa pra falar, tanta coisa pra chorar, e ao mesmo tempo nada. Mais fica tudo preso aqui, não dá pra chorar.
Falta um abraço, de qualquer pessoa. Alguém que eu possa deitar no colo e chorar o dia todo. Falta.
1:00h e lá vai cassetada da manhã, QUERO O MEU QUARTO SÓ PRA MIM! ... mais a inútil da minha prima tem que estar lá. Quero abraçar meu travesseiro e ficar cantarolando músicas depressivas como Clarisse, Courage, Perfect, sem ninguém pra ouvir e me atrapalhar. Durante o dia não dá nem pra ouvir meu querido rock, que aquela anta me enche o saco, dizendo que eu só ouço porcaria. (Aqui pra ela _l_) Não posso tocar. Ela sempre acha um jeito de me atrapalhar, ou criticar.
Não entendo o porque de tanta dificuldade pra fazer com que uma única lágrima consiga cair. Meus dultos lacrimais devem estar em manutenção dessa vez.
Odeio meus pais. Minha mãe viu meus pulsos arranhados e lá vem sermão. Meu pai não deve nem lembrar que a filha dele se corta.
Odeio aquela igreja idiota que meu pai vai. Ele se importa só com aquele deus dele, e nada mais. O mesmo deus que me deu de presente pra ele. Tenho certeza de que eu sou TUDO o que ele queria que eu não fosse.
Bom, pelo menos ainda não uso drogas.

8 comentários:

Art Bitch disse...

Ainda não usa drogas... ainda? ainda é uma palavra feia.
tira o ainda da frase tah amiga: pelo menos eu não uso drogas.
é melhor assim, palavra de amiga.
Guria eu tava c/ saudades de vc, de ler o q vc escreve.
Sabe é normal termos essas crises existenciais, faz parte, mas o importante é q elas passam e servem p/ ajudar no nosso crescimento. Sua prima tah te incomodando, ignora, e faz o seguinte, se vc estiver fazendo suas coisas e ela for atrapalhar mostra p/ ela como vc se sente, sem brigar, eu aposto q ela para.

Nise disse...

oh my gosh! girl, voce nao pode ficar assim, olha só... voce ainda tem a gente aqui do blog pra voce! :)
Pode contar comigo tá?
E nao fica triste pq seu pai esta assim, eu acredito que ele tenha os motivos dele, mesmo que a gente nao concorde deve respeitar...
Quando os meus pais descobriram parte dos meus problemas, ficaram apavorados, sabe... eles sao evangelicos tambem. Minha mae entrou em crise, o meu pai ficou me preguntando porque a cada cinco minutos e o meu irmao simplesmente me ignorou, como se eu fosse um cachorro.
Com o tempo passou. Eles ainda nao entendem, mas ja me tratam um pouco melhor...
Creio que pra voce tambem nao vai ser diferente, mesmo que demore um pouco, ou que demore muito..

É melhor desabafar, fazer uma força pra chorar ;) e ter um pouquinho de paciencia.
;*

Celular disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Celular, I hope you enjoy. The address is http://telefone-celular-brasil.blogspot.com. A hug.

Marcelle disse...

Querida... lembra essa chata da sua prima que vc esta na SUA CASA!
Ela que se adapte a suas regras.

Fico com uma revolta tão grande lendo essas coisas que essa murrinha faz com vc! Pô linda deixa não! Vc escuta Dimmu Borgir? Pega algumas musicas dele e coloca bem alto para abafar a voz dessa chata... deixa ela falando sozinha se começar a reclamar!

Não perca sua liberdade por causa dela! A casa é sua... o quarto é seu, ora bolas ¬¬

Força tá...bjim

LILITH LOSFERA disse...

repetindo o que a mancelle disse o quarto é seu e a casa é sua se ela achar ruim q se F...sobre se cortar..não faça isso não...só vai deixar sua mãe preocupada e ela vai ficar te enxendo o saco...bjos e te cuide viu te adoro...lembre-se que noas estamos aqui!!!

Menina d'Luxo disse...

»--------(^_^)---------«
Um abraço para ti.

Oh, honey! Não fiques assim.
Gostava de te poder dar o meu colo para poderes chorar, gostava que não te sentisses assim, tão sozinha e perdida.
Não és um lixo, és uma pessoa esforçada, capaz, super querida, meiga e além do mais gostas de rock (sim isso é uma qualidade), tocas violino e tens sonhos.
Não sintas odio do Deus do teu pai, porque Deus é um só e ele é de todos. O que estraga são as religioes, e não Deus. Por isso se tens de culpar alguém é o teu pai e não Deus.
Mas não os odeis, o odio mata ... acredita, eu ja senti muito odio e morri por isso. E tu és uma pessoa cheia de luz, que brilha de dentro para fora (isso inclui fora).
Aqui vai o meu conselho, encontra um lugar, um jardim, um café, a WC e tranca-te lá. Chora tudo o que te vem na alma e depois volta para o mundo, porque infelizmente ele não para. Mas arranja um lugar para ti, um refugio. Quando eu era pequenina eu escondia-me dentro do guarda fato, quando me mudei para aqui ia para uma capela que ha aqui perto de casa, hoje eu vou para a praia ou para o cinema. Quando fico triste, vou para lá, sento-me e quando me sinto melhor vou-me embora, mesmo que não chore.Pensa nisso.

Nem penses em meteres-te com drogas.

Parece que já falei de mais, qualquer coisa estou aqui para ti, ta?

Bjhos de esquimo.

Menina d'Luxo disse...

Deixei uma coisinha para ti no meu blog.
Bjhos na pontinha do nariz.

Nise disse...

ô flor, tem uma coisa pra voce no meu blog, espero que nao se importe
um beijao
;*